Tai Chi – Uma Arte Marcial para Todas as Idades

As artes marciais foram divulgadas no mundo Ocidental, acima de tudo, pelos filmes com atores como Bruce Lee ou Jackie Chan e séries como “Os Heróis”, de Shaolin, ou “Kung Fu”. “Karate Kid” então, foi um sucesso a nível mundial!
No entanto, todas estas expressões marciais do Oriente passavam uma noção de agressividade (mais ou menos justificada) e muitas pessoas ficaram com a ideia de que mesmo o treino de uma arte marcial pressupõe luta.

Mas tal não poderia estar mais longe da verdade. Existe uma arte marcial que tem várias escolas, mestres e professores, em Portugal, que pode ser praticada sem que sequer exista contacto físico.
É uma disciplina aberta a todas as idades, desde as crianças mais pequenas até aos cidadãos idosos, e, pela sua aparência, parece mais uma dança do que uma forma de luta.

O Tai Chi é, poder-se-ia dizer, uma arte marcial disfarçaTai Chida. Há quem lhe chame “meditação em movimento”. A sua prática é realizada com uma série de movimentos aparentemente delicados e inofensivos, mas que, se aplicados à luta, se tornam extremamente eficazes em situação de combate.

As suas vantagens são largamente reconhecidas e pessoas de todas as idades poderão beneficiar da sua prática. Para além de normalmente ser praticado em grupo, contribuindo para o convívio e o contacto social, o Tai Chi ajuda a reforçar as articulações e os músculos, trabalhando delicadamente a força, a mobilidade e a flexibilidade. Assim se percebe que seja uma arte marcial adequada a todas as idades, pois os benefícios acima mencionados são importantes em qualquer fase da vida.

Várias Juntas de Freguesia, coletividades e ginásios disponibilizam aulas de Tai Chi. É uma ótima forma de motivar quem acha difícil sair de casa, pois a interação com os outros praticantes e os benefícios físicos e mentais fazem com que esta arte marcial cative os seus praticantes para a prática diária.